De tudo

Aprendendo com a quarentena

Hoje tive a certeza de que antes de imaginar que passaria por esse momento já tinha sido preparada para a ocasião. Primeiro porque tive a oportunidade de olhar para o espiritual e o mental. Segundo porque encontrei uma nova profissão que me permite trabalhar no conforto da minha casa sem perder o contato com os queridos colegas de trabalho. Terceiro porque busquei formas de melhorar a minha vida, fazer planos e organizar o que é necessário.

Dos 47 dias de quarentena fui para as ruas apenas 3 vezes. Com uma vontade imensa de viver e realizar meus planos futuros, saí de máscara e luva. Alguns podem achar exagero, mas quando se tem um ou mais propósitos na vida o que se quer mais é viver. Estou aproveitando a quarentena para colocar em prática muitas coisas que a rotina do dia a dia normal não me permite. Por causa disso me sinto extremamente feliz, mesmo confinada em casa apenas com minhas duas gatas e sem encontrar fisicamente pessoas para conversar.

Os treinos na bateria eletrônica evoluem. Os novelos de malha para crochet estão quase acabando. Os certificados dos cursos online que havia comprado não param de chegar. O inglês melhorou bastante e logo volto para o francês. Nunca foi tão delicioso fazer novas receitas. Consigo passar mais horas trabalhando e aprimorando o que faço. Por incrível que pareça a conversa com os amigos estão mais frequentes. Os encontros por chamada de vídeo são divertidos e inesquecíveis.

A saudade e as perdas fazem repensar no sentido da vida. O autoconhecimento continua presente. Pessoas que não imaginava conhecer assumem papel especial e importante. Sonhos se renovam, planos tomam forma a cada dia. Dançar e cantar ao som de música alta faz rir e aumentar a imunidade. Sem que ninguém veja, é possível deixar a louça para o dia seguinte. Assistir vídeos engraçados mantém a diversão em dia. Meditar por pelo menos dois minutos renova os pensamentos e abre espaço para o novo. Novos pensamentos, novas ideias, novos planos. A mente expande e prepara para o que virá após essa fase.

Aprendendo a amar mais, aprendendo a desapegar mais, aprendendo com os desafios, aprendendo a ser feliz mas, acima de tudo, aprendendo.   

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *